Ação e reação

Esta matéria da Folha sobre o alarmante uso da medicação Rivotril (Clonazepam) chamou minha atenção esta semana: Venda de calmante dispara no Brasil

Entre 2006 e 2010, o número de caixinhas vendidas saltou de 13,57 milhões para 18,45 milhões, um aumento de 36%. O Rivotril domina esse mercado, respondendo por 77% das vendas em unidades (14 milhões por ano).

O blog Psiquiatria e Sociedade dá uma interessante resposta a qualquer possível alarde indevido provocado pela matéria: leia aqui.

:: Post relacionado: Lucrando com a psicose, São Paulo melancólica

2 Responses to “Ação e reação”

  1. Elissandro Silva Polidoro
    22/01/2011 at 4:56 am #

    Matéria super interessante e importante para aqueles que abusam deste remédio se cuidarem.

    Elissandro Silva Polidoro
    Técnico em Informática
    22 98738075
    http://www.espolidoro.webnode.com.br
    http://www.projetoinclusão.webnode.com.br

    • S. Albuquerque
      22/01/2011 at 10:37 am #

      Infelizmente, Elissandro, a linha entre o tratamento e o abuso ainda é muito tênue num país onde a atenção primária à saúde é insuficiente.

Leave a Reply