Loucura feminina no século XIX

John Everett Millais: Ophelia, 1851-1852

 

HerStoria é uma revista toda dedicada ao papel da mulher na história. Encontrei lá um ótimo artigo sobre a loucura feminina e suas ligações simbólicas, com foco no século XIX. O texto não é longo, e vale pelo condensado de informações curiosas.

Ofélia (Ophelia), personagem de Hamlet, foi um símbolo comumente usado para representar a loucura no sexo feminino.  A personagem, vítima de uma morte trágica (provavelmente suicídio), enlouquece após a morte do pai. Seus discurso final na na célebre peça de Shakespeare é impregnado de um conteúdo erótico latente.

O mesmo erotismo foi considerado a principal causa das enfermidades mentais na mulher da Era Vitoriana. Nesse período um certo dr. Isaac Baker Brown desenvolveu a clitoridecotmia, a remoção cirúrgica do clitóris com o objetivo de curar a insanidade.

Leia mais em Women and Madness.

:: Posts relacionados: Musas da histeriaTrês hospíciosHistória ilustrada da psiquiatria

No comments yet.

Leave a Reply