Asterix no centro cirúrgico

O artigo científico Traumatic brain injuries in illustrated literature: experience from a series of over 700 head injuries in the Asterix comic books (Lesões traumáticas cerebrais na literatura ilustrada: relato de uma série de 700 traumas encefálicos nos quadrinhos Asterix) existe mesmo e foi publicado ano passado na revista científica européia Acta Neurochirurgica.

O artigo traça um perfil epidemiológico dos casos de traumatismo crânio-encefálico (TCE) nas histórias de Asterix, o mais conhecido herói gaulês. Felizmente, apesar da intensidade do fator traumático (golpes na maioria dos casos) e da gravidade das lesões, não há relatos na amostra de morte ou mesmo déficit neurológico permanente.

Alguns outros dados são engraçados: 63,9% das vítimas eram romanos e quase 90% dos traumatismos foram provocados por gauleses. 70,5% das vítimas usava um elmo que foi perdido na grande maioria dos casos (87,7%)

Aqui, o link para o resumo do artigo.

:: Posts relacionados: A loucura em Gotham City, Cores do bem e do mal, Ciência desvairada

2 Responses to “Asterix no centro cirúrgico”

  1. Leandro
    23/02/2012 at 11:41 am #

    O bom é o preço para ler na íntegra: EUR 34.95.

    • S. Albuquerque
      26/02/2012 at 11:26 pm #

      Não é por acaso que tem gente propondo um boicote a editoras científicas como a Elsevier.

      E mais: o autor do artigo ainda paga -bem caro – pra ter seu artigo publicado.

Leave a Reply