Tag Archives: alcoolismo

Álcool, o inimigo

 

Encontrei no interessante Virtual Absynthe Museum um pôster do final do século XIX que alerta sobre o perigo mortal do álcool. Interessante é notar que, por trás das campanhas anti-absinto e contra outros tipos de bebidas alcoólicas destilada, havia na época o poderoso lobby da indústria de vinho francesa. Apesar de condenado pelo movimento da temperança, o uso do álcool contido no vinho, sobretudo na França, não era visto como algo nocivo.

No pôster, essa idéia aparece como um experimento: à esquerda, a cobaia faz uso de álcool derivado de uva e sofre apenas um leve estado de embriaguez e sonolência. A pobre cobaia da direita, porém, tem uma sorte pior. Após ser inoculada com o tipo de álcool “ruim” (chamado de “álcool industrial”), agoniza com convulsões e eventualmente morre.

Veja detalhes do pôster em tamanho maior, clicando na imagem.

:: Posts relacionados: O mito do absinto, O bêbado e a escadaA familia e o álcool

 

Leave a Comment

A familia e o álcool

Quem acompanha este blog deve lembrar da ilustração “A evolução do bebarrão – do primeiro copo ao cemitério”, feita para reforçar a idéia de abstinência do “movimento da temperança” (teetotalism).

Na mesma linha, encontrei um libreto francês feito por volta de 1900 que sublinha os problemas relacionados ao uso de álcool. Clique na imagem acima para ver a sequência.

Gosto particularmente da imagem que ilustra “A loucura“(La folie).

(via The Retronaut)

:: Posts relacionados: O bêbado e a escadaPerigos do prazer solitárioEtilismo vintage na USSR

Leave a Comment

A grande noite umbrosa* de Poe

Is all that we see or seem
But a dream within a dream?

Assisti ao filme O Corvo (EUA, 2012), livremente baseado na vida e obra de Edgar Allan Poe. A trama, que transforma os dias finais do escritor americano em uma história policial, não é boa, mas serviu para reavivar no meu córtex – ultimamente tão desmemoriado – algumas coisas interessantes sobre o autor de The Raven.

Lembrei de um panfleto distribuído na casa de Edgar Allan Poe, transformada em museu na Filadélfia, que apresenta fatos históricos que desmentem os supostos alcoolismo e adicção a ópio imputados ao escritor. Segundo o texto (leia aqui) a má fama foi arquitetada por um crítico e rival literário de Poe chamado Rufus Griswold.

Veio à memória também um artigo médico que postei no blog há quase dois anos sobre as circunstâncias misteriosas da morte de Edgar Allan Poe. Releia aqui: O mistério final de Poe

Por último, lembrei do belíssimo poema A Dream Within a Dream, que empresta algumas linhas para o fechamento do filme, antes dos créditos finais.

* “A grande noite umbrosa” é a tradução do nosso Machado de Assis para “the Night’s Plutonian shore“, frase magistral de The Raven. Veja aqui a tradução completa do Bruxo do Cosme Velho para um dos maiores poemas da língua inglesa.

:: Posts relacionados: O mistério final de PoeMeta-sonhos, Poe e os lobos frontais

Leave a Comment

Etilismo vintage na USSR

Gostei muito dessa coleção de pôsteres anti-álcool da antiga União Soviética.

Clique na imagem pra ver.

(via @mocost)

:: Posts relacionados: Psiquiatria vermelhaA paralisia geral progressivaO Bêbado e a escada

Leave a Comment

O bêbado e a escada

The drunkard’s progress – From the first glass to the grave (“A evolução do alcoólatra – do primeiro copo ao cemitério”) é uma ilustração de 1846 que alerta sobre os perigos do uso do álcool.

A gravura (clique na imagem para ver em tamanho grande) foi feita pelo artista Nathaniel Currier para dar apoio ao “movimento da temperança” ou teetotalism, uma postura adotada em várias culturas e países a favor da abstinência total ao uso de bebidas alcoólicas.

A figura chega a ser engraçada. Preste atenção no contraste entre os degraus 5 e 9.

:: Posts relacionados: Delírio ilustrado, Perigos do prazer solitário

Leave a Comment