Tag Archives: ateísmo

Ateus são imorais?

nomes de deus moral religião psicologia

“Os setenta e dois nomes de Deus”, Oedipus Aegyptiacus, séc XVII


Uma revisão recente
avaliou as diferenças entre teístas (pessoas que acreditam em um ou mais deuses) e ateus no que concerne à moral.

A pesquisa foi motivada por um relatório baseado em amostras de 40 países, que apontou que a maioria das pessoas crêem que o comportamento dentro de padrões morais depende da religiosidade. O interessante é que essa ideia é mais comum em países pobres, como Egito, Gana e  El Salvador. No Brasil (que está nesse grupo), 86% contra 13% acham que é preciso acreditar em Deus para ser ético.

Outro estudo interessante evidencia que, pelo menos nos EUA, teístas tendem a discriminar socialmente mais que ateus. O título do paper é instigante: “Por que não praticamos o que pregamos? Uma revisão meta-analítica do racismo religioso” (tradução minha). Pessoas religiosas tendem a ser mais caridosas e pró-sociais, no entanto parte desse altruísmo tende a ser dirigido somente a pessoas do mesmo grupo religioso.

Apesar disso, ateus são vistos negativamente em culturas onde há predomínio de pessoas religiosas (isto é, o mundo quase todo). Um estudo aponta que a desonfiança (distrust) é o principal motivo do preconceito contra ateus. Dito de outra forma: pessoas religiosas tendem a ver não-crentes como indivíduos nos quais não se pode confiar.

No que diz respeito à moral, teístas e ateus discordam sobretudo em questões relacionadas à sexualidade e à obediência à autoridade, no entanto há tendência ao consenso quando o assunto é injustiça ou dano ao próximo.

A revisão conclui:

Although the two groups may sometimes disagree about which groups or individuals deserve justice or their compassion, these core moral intuitions form the best basis for mutual understanding and intergroup conciliation.

Leia o artigo completo: Morality and the religious mind: why theists and nontheists differ

ResearchBlogging.orgAzim F. Shariff, Jared Piazza, & Stephanie R. Kramer (2014). Morality and the religious mind: why theists and nontheists differ Trends in Cognitive Sciences, 18 (9) : http://dx.doi.org/10.1016/j.tics.2014.05.003

Hall, D., Matz, D., & Wood, W. (2009). Why Don’t We Practice What We Preach? A Meta-Analytic Review of Religious Racism Personality and Social Psychology Review, 14 (1), 126-139 DOI: 10.1177/1088868309352179

Katie Simmons, James Bell, Richard Wike, & Alan Cooperman (2014). Worldwide, Many See Belief in God as Essential to Morality PewResearch Center (http://www.pewglobal.org/)

Gervais, W., Shariff, A., & Norenzayan, A. (2011). Do you believe in atheists? Distrust is central to anti-atheist prejudice. Journal of Personality and Social Psychology, 101 (6), 1189-1206 DOI: 10.1037/a0025882

:: Leia também aqui no blog  Psicoterapia milenarUm mundo assombrado por demôniosReligião e cognição

Leave a Comment