Tag Archives: Charcot

Turista patológico

Encontrei no Guardian (depois de uma indicação de @deumilcoses) um artigo sobre o primeiro caso descrito de um fugitivo patológico (ou fugueur).

Albert Dadas, francês de Bordeaux, foi examinado no final do século XIX , aos 26 anos, por Charcot e Gilles de la Tourette em um dos seus vários internamentos. Dadas foi encontrado em várias cidades da Europa após ter percorrido vários quilômetros a pé ou de trem, sem lembrar como havia chegado ali. Por não ter passaporte, frequentemente era enviado a hospitais ou deportado de volta à França.

Em 1887, Philippe Tissié,  então um jovem médico aspirante a psiquiatra, entrou em contato com Dadas e descreveu seu caso. O diagnóstico de Dadas foi de dromomania, ou fuga histérica, já que o paciente só conseguia lembrar de suas viagens através da hipnose.

Leia o artigo aqui: Le Premier Fugueur by Johan Furaker

Em 2011 o artista Johan Furaker fez uma exposição de pinturas inspiradas no caso Albert Dadas. Veja aqui.

:: Posts relacionados: Musas da histeriaPhineas GageDelírio ilustrado

Leave a Comment

Musas da histeria

Leio no Morbid Anatomy sobre o recém-lançado livro Medical Muses: Hysteria in Nineteenth-Century Paris. O livro trata das pacientes Blanche, Augustine e Geneviève, internadas em Salpetrière no final do século XIX. Durante sua estadia no hospital, os graves sintomas histéricos apresentados pelas três mulheres atraíam multidões de visitantes e inspiraram escritores, pintores e escultores.

To what degree their disease was socially determined and to what degree it was physically determined is impossible to say. If they showed up at a hospital today, suffering from the same symptoms, they would probably be diagnosed with schizophrenia or conversion disorder or bipolar disorder.

Além de uma boa resenha a obra, o post no Morbid Anatomy traz uma pequena galeria de fotos da histeria feitas no período.

:: Posts relacionados: Fotografias da alma, Hipnose de salão, Freud à vontade

Leave a Comment