Tag Archives: licantropia

Licantropia

Licantropia: doença na qual o indivíduo crê ser um lobo, se vê dessa forma e age como tal. Uma utilização exagerada desse termo durante muito tempo o levou a assumir a forma do menos conhecido e mais abrangente termo zoantropia, que designa todas as metamorfoses de ser humano em animal. (…)

No domínio da psicopatologia e da classificação psiquiátrica: a licantropia continua a ser o mesmo delírio de metamorfose que era na antiguidade, sendo ainda raríssimo – pelo menos em sua forma “pura”. Ela se relaciona de alguma forma à Síndrome de Cotard, tendo lugar entre as diferentes idéias de transformação, de negação parcial ou total do próprio corpo, sinalizando profunda melancolia. Outros trabalhos anglo-saxônicos recentes situam essa doença mais dentro do registro da esquizofrenia paranóide, seguindo as elaborações de Melanie Klein. Clinicamente, as formas latentes com certezas delirantes envolvendo os pelos do corpo ou os dentes podem ser encontradas na histeria grave.

O trecho acima foi extraído do Dictionnaire de la Psychiatrie (Jacques Postel – Larousse in extenso, 2011). 

O delírio de licantropia de fato é raro em nosso meio, mas sobrevive uma crença popular que provavelmente tem as mesmas raízes ancestrais: a de que as fases da lua influenciam o comportamento de pessoas com transtorno mental. (Já falei sobre isso aqui no blog).

Nunca encontrei na clínica pacientes que acreditavam ser lobisomens, mas lembro de ‘causos’ ouvidos durante minha infância no interior do Ceará que narravam a transformação de certas pessoas durante a lua cheia em monstros metade homem, metade lobo. A crença certamente tem raízes européias, já que os lobos aqui no Brasil se parecem mais com pequenos cachorros selvagens do que com os seus primos europeus, imponentes predadores.

Procurando sobre o tema, encontrei um ótimo texto no Medivalists sobre as origens e o desenvolvimento histórico do conceito lobisomem:  Evolution of the Werewolf Archetype from Ovid to J.K. Rowling

Quem se interessa por literatura de horror vai gostar.

:: Posts relacionados: Mal de lua, Mal de Lua (2), Delírio de negação

Leave a Comment

Mal de lua

Madness and the moon: the lunar cycle and psychopathology é um curioso artigo alemão publicado no German Journal of Psychiatry que analisa seriamente as possíveis evidências de efeitos da lua sobre o psiquismo. A conclusão é que os estudos que sugerem o chamado “Transilvanian effect” têm falhas metodológicas graves. Os céticos vão gostar.

A high proportion of health professionals continue to hold  the belief that the moon can in some way influence human behaviour. In an unpublished MSc dissertation Angus (1995) reports that 43% of healthcare respondents believed lunar phenomena altered human behaviour.

(Sim, já postei isso aqui antes, quando o blog quase não recebia visitas. Estou tentando preparar material novo e original, aguardem)

:: Posts relacionados: Dez por cento do cérebroMal de lua (2)História da frenologia

Leave a Comment